Categoria: L01C12

Livro 01, Capítulo 12: Até a última gota

Café Amargo

Reza a lenda que existem lugares aos quais não se pode simplesmente chegar. Lugares perdidos entre o tempo e o espaço, sem endereço ou formas certas. Lugares sem regras, construídos por forças antigas, onde apenas os sonhos, a necessidade ou a morte podem nos abrir a porta. Entre os poucos que os conhecem de verdade, esses lugares são chamados de… Read more →

Vista pro Mar

Você pode ler ouvindo: https://open.spotify.com/album/48u6FkQwWas69dN2iOJbmG Depois de uma adolescência agitada e de estar noivo da mulher mais bonita do mundo e aqui também não me refiro só a beleza, o que faltava para que eu estivesse plenamente em paz era um filho. Eu e Kate, minha esposa, decidimos que era hora de dar esse passo há alguns meses , desde… Read more →

O lustre de cristal

Nossa casa em Dinkelsbühl era grande, decente, mas sem luxo. A parcimônia, quase uma filosofia de vida da família, nos proporcionava com sobriedade os confortos da época. Como se dizia então, vivíamos bem. Apenas duas extravagâncias existiam na residência: um enorme lustre de cristal na sala principal e uma adega bem guarnecida. A casa, herança do meu bisavô, fora comprada… Read more →