Últimos Contos

Uno

Juntos estamos como há muito temos estado. Só nós dois. Eu, deus. Ele, meu derradeiro crente. Ninguém mais. Tanto tempo, tanto tempo, que as bordas se desvaneceram. É ele que está comigo, aqui onde habitam os deuses, entre as nuvens luminosas que vagam sobre os picos mais altos? Ou sou ...
Leia Mais
/ / L02C07, Velhos deuses
Crédito: Charris Makridis

“42 dobras” ou “O menino, a LUA e o coelho”

“Esse menino vive no mundo da lua!” - disse Dona Luiza a sua filha Guta, quando o neto Diguinho, ocupado em construir o maior barco de lego do mundo - do seu mundo, que ele ainda não sabia ser o da lua -, não reagiu a nenhuma das três vezes ...
Leia Mais
/ / #desafioextra, L02C08

“Skyline Pigeon”

Noite de lua cheia. Como está bonito o jardim, iluminado por essa luz. Intensa e ao mesmo tempo suave, tão diferente da luz do sol. Tudo se torna belo e misterioso, sensação de um grande segredo pairando sob o luar. Queria estar agora ali no meio das árvores, pisando de ...
Leia Mais
/ / #desafioextra, L02C08, Lua Cheia

Fergus e Brianna

Brianna chegou e foi direto para o quarto. Já entrou tirando os sapatos. ― Fergus! Deitado no meu travesseiro, né? ― É macio. Perfumado. ― Tá bom. Mas não acostuma, tá? ― Estou aquecendo pra você.     A menina largou a bolsa em qualquer lugar e se atirou na ...
Leia Mais

O cheiro da cidade

                Enquanto o barco cruzava o Rio Prata ele apenas alimentava as lembranças, dois anos atrás estivera ali e havia sido a melhor semana da sua vida. Que vontade de andar todas aquelas ruas novamente, que vontade de ver os prédios coloniais e sentir gostos e sabores únicos. Mas deveria ...
Leia Mais
/ / L01C07

Fobia

Era um dia normal, Vera acabava de fechar o sistema e arrumava sua bolsa para sair do trabalho. Ao colocar todos os itens dentro ela se despediu das poucas pessoas que ainda ficariam por lá, saiu pela recepção e apertou o botão do elevador para descer até o térreo. O ...
Leia Mais
/ / L01C01

Começo, meio e fim

Como era charmoso o meu Otacílio! Me lembro com tanta clareza do dia em que nos conhecemos! Foi na entrevista para o meu primeiro emprego. Entrei na sala e lá estava ele atrás daquela escrivaninha enorme de madeira escura toda entalhada em belos arabescos, coisa linda mesmo. Combinava com a ...
Leia Mais
/ / L01C01, Morte no Elevador

S3

Sete Tudo começou com o barulho do chicote. O som metálico das cordas se rompendo. Markus tocava a guitarra. A luz forte tingida roxa pela folha de gelatina o cegava mas ele não precisava enxergar. Seus dedos deslizavam por metal e madeira com perfeição, arrancando do instrumento sons precisos, quase ...
Leia Mais
/ / L01C01

Quando o navio chegar

Estava debilitado, pousado naquela cama fazia muito tempo. Sua barba já branca ainda tocava o peito, habito que criou desde a juventude. Os cabelos já ralos, brancos também, se estendiam até os ombros. Seu ar já era exaustão, seu corpo magro apresentava as marcas do cansaço acumulado ao longo dos ...
Leia Mais
/ / L01C06

O quadro

Carolina desceu da van escolar e correu pelo gramado bem aparado até chegar em casa. Abriu a grande porta de carvalho, se virou para a rua acenando para o motorista e entrou. Ela gostava muito de sua escola, dos colegas e do tio Gu, o motorista da van, mas nada, ...
Leia Mais
/ / L01C08, Sem categoria